Glossário

Calamidade
Ocorrência lenta ou rápida de um sinistro, provocado por um fenómeno natural, tecnológico, biológico, geológico ou derivado da acção humana, em proporções susceptíveis de criar risco de vida, danos humanos e materiais, resultando na ruptura das infra-estruturas socioeconómicas, e dos serviços essenciais para o funcionamento normal de uma sociedade ou comunidade.

Emergência
Estado resultante da ocorrência súbita de uma calamidade que afecta pessoas, destrói bens e perturba o funcionamento de infra-estruturas, e cuja natureza ou proporções excede a capacidade local de resposta, requerendo a tomada de medidas urgentes e excepcionais a muito curto prazo, para minimizar os efeitos adversos e restabelecer a normalidade.

Gestão do Risco de Desastres 
É o processo sistemático de uso de decisões administrativas, organizativas, habilidades e capacidades operacionais para implementar políticas, estratégias e capacidades de resistência da sociedade e comunidades visando minimizar os impactos de agentes calamitosos naturais e os desastres ambientais e tecnológicos relacionados. Esta incorpora todas as formas de actividades, incluindo medidas estruturais e não estruturais para evitar (prevenção) ou limitar (mitigação e preparação) os efeitos adversos de eventos calamitosos.

Prevenção
É um conjunto de actividades e meios visando eliminar ou minimizar o impacto negativo dos eventos calamitosos, desastres ambientais, tecnológicos e biológicos relacionados.

Prontidão
É um conjunto de actividades e medidas tomadas com antecedência para garantir uma resposta eficaz ao impacto dos eventos calamitosos, incluindo a emissão de avisos atempados e eficientes e a evacuação temporária de pessoas e bens dos locais ameaçados.

Mitigação
É um conjunto de medidas estruturais e não estruturais empreendidas para limitar o impacto adverso dos desastres naturais, degradação ambiental e eventos tecnológicos.

Risco
É probabilidade de consequências danosas ou perdas (mortes, destruição de propriedades ou meios de subsistência, interrupção de actividades económicas ou danificação do ambiente), resultantes de interacções entre os eventos naturais ou causados pelo homem e as condições de vulnerabilidade

Sistema de Aviso Prévio 
É um conjunto de capacidades necessárias para produzir, com antecedência, informação útil de alerta para a população, comunidades e instituições ameaçadas por um perigo ou fenómeno de tal forma que estejam devidamente preparadas para agir de forma adequada e em tempo suficiente que possibilite a redução da ocorrência de danos materiais ou perda de vidas humanas.

Vulnerabilidade
É um conjunto factores ou processos físicos, sociais, económicos e ambientais que aumentam a susceptibilidade de uma comunidade ao impacto dos eventos calamitosos.